terça-feira, 6 de outubro de 2009

Se não vos tornardes como uma criança...!

A imagem fala por si só... a inocência! Que fase maravilhosa de nossas vidas quando nossa única preocupação é apenas com as necessidades básicas. Maslow, em sua famosa pirâmide das necessidades humanas, deve ter se inspirado em algo parecido para escrever sua tese.
Porém há algo mais profundo implicito nesse quadro (ao menos em minha opinião): Deus deseja que cada um de nós entenda que Seus cuidados são perfeitos, e, mesmo quando sofremos algum tipo de ação desagradável por parte da vida, essa ação passa a ter caráter didático-disciplinatório que visa nosso crescimento.
O grande segredo é "acordar", "perdoar", "esquecer", "sorrir" e "recomeçar" como se nada tivesse acontecido e lançar-se nos braços do Pai Celestial em busca da segurança e amor que só Ele pode nos dar. A prova disso é/foi/será o Calvário... o maior indicativo do amor divino!

Um comentário:

  1. ines.compedebd@hotmail.com22 de mai de 2010 12:02:00

    Ao olhar para esta linda foto, é impossivel não reconhecer a minha amavel Mandinha, que Deus a abençoe, logo não poderia deixar de comentar sobre este lindo e verdadeiro epílogo a respeito do amor e do cuidado de Deus por nós. Por que será que nós adultos temos tanta dificuldade de confiar em Deus, não seria por que já não confiamos nem em nós mesmos, e quando decidimos confiar em alguém e leválo(a) a sério ainda assim eramos:se não conseguimos confiar nos seres humanos que são feitos imagem e semelhança dEle, tão pouco confiaremos e O deixaremos cuidar de nós; é pelo visto gostamos de complicar as coisas:QUE DEUS NOS AJUDE, um abraço amigos
    até mais ve-los. Ines

    ResponderExcluir